10/05/2008

«Há medo de atingir algumas pessoas»

Luís Figo foi o centro das atenções na apresentação de uma nova bota de futebol, em Madrid. O actual jogador do Inter de Milão não teve mãos a medir e distribuiu autógrafos pelas muitas dezenas de adeptos que não o largaram.

À margem deste evento, o antigo internacional português acedeu analisar aos jornalistas portugueses o actual estado do nosso futebol. Com incidência, naturalmente, para as decisões que emergiram do caso «Apito Final».

«A justiça tem de actuar. Em Portugal as coisas continuam a acontecer e não vemos um fim. Há muitos processos a serem julgados, mas não terminam nunca. Gostaria de ver decidido tudo o que está pendente», explicou o ex-jogador do Real Madrid.

«Se há processos é porque há indícios. Mas parece haver sempre medo de atingir certas e determinadas pessoas. Quem comete erros e crimes deve pagar por isso», desabafou Luís Figo, que ainda se referiu à polémica relativa aos salários em atraso.

«Quem trabalha merece o seu salário. Quem não paga merece ser punido».

fonte: MaisFutebol

Como tens razão Figo....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Após submeter o seu comentário, este será aprovado pela administração antes de ser publicado.