12/09/2010

Artigo de Opinião - A importância de uma boa preparação física na vida do árbitro

O futebol está em numa constante evolução. Quando falamos do passado, podemos dizer que predominava a classe e a habilidade dos jogadores, porém se formos ver actualmente, podemos verificar o quanto a condição física dos árbitros ganhou importância dentro do futebol.

Pensando desta forma, podemos dizer o quanto o árbitro necessita de uma boa condição física para conseguir dirigir da melhor forma um jogo, tendo em vista que ele não tem o direito de errar.

O árbitro, dentro do jogo, diferentemente do jogador, somente será substituído em raríssimos casos. Ele desloca-se constantemente nos 90 minutos do jogo.

Visto isto a preparação física para um árbitro é muito importante, pois, se não estiver bem preparado não vai poder estar atento e intervir de forma mais correcta e oportuna ao longo dos jogos. O árbitro ao estar bem fisicamente tem mais possibilidades de ter total atenção e concentração durante os jogos, igualmente ajuda-o a acompanhar os lances mais de perto e na melhor posição possível. Mas não é apenas isto, pois um árbitro se estiver bem preparado sabe que a sua condição física lhe garante uma forma razoável no fim do jogo, o que lhe dará disponibilidade mental para decidir os lances, ou seja, tranquilidade para pensar e fôlego para agir.

Um árbitro, mesmo não sendo profissional, deve treinar 2 a 3 vezes por semana, para além da competição ao fim de semana. Além do treino, deve preocupar-se com a sua vida própria. Deve haver harmonia na vida do árbitro, porque não basta treinar. A vida do árbitro deve ser controlada, de forma a conseguir-se ter uma vida equilibrada, para ao fim de semana ir completamente concentrado para desempenhar o seu papel. O árbitro tem um emprego, família, necessidade de lazer, enfim, tem que contar com todos estes factores que à primeira vista parecem não ter influência no seu rendimento, mas que são decisivos na quantidade de carga semanal do árbitro. Sem falar das questões psicológicas e outros factores do íntimo da pessoa.

O árbitro deve cuidar da sua preparação de forma a chegar à competição com dignidade e competência, mostrando a todos que é um “profissional" do desporto.

Não esqueçam o treino, a alimentação, o repouso são factores que devem ser devidamente ligados pelo árbitro no sentido de ir á procura de uma boa condição física.

Cristiano Pires(Administrador ArbitragemAlgarvia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Após submeter o seu comentário, este será aprovado pela administração antes de ser publicado.